Jogador de Futebol

Vocês já repararam que jogador de futebol aparenta, na TV, muito mais idade do que realmente tem?

Meninos de 20 anos têm cara de um homem maduro de 35.

Sabem a razão? A pressão psicológica.

O jogador vai do Olimpo ao Purgatório em uma semana. Num dia, 40 mil torcedores o endeusam e, às vezes, uma semana depois, xingam como se fosse um bandido. E isso todos os meses e todos os anos da carreira.

Mas pior que isso: muitos vêm de lares pobres e da noite para o dia ficam famosos e têm acesso a um mundo glamuroso, rico e falso.

Todo o dinheiro é desperdiçado com carrões, roupas de grife, jóias, baladas, mulheres e investimentos mal feitos, orientados por urubus que deles não largam.

É raro o empresário que vê, além do jogador e da chance de ganhar dinheiro, o ser humano que precisa de orientação e amparo.

Por isso, a imensa maioria de ex-jogadores está na miséria.

Infelizmente a previdência só chegou ao futebol nas placas de propaganda dos bancos e seguradoras nos estádios.

Anúncios