Profissionais liberais

Os médicos, dentistas e outros profissionais liberais trabalham muito no início de carreira, em vários empregos. Depois, formam uma clientela, abrem consultório e começam a ganhar reconhecimento e dinheiro.
Uma coisa que eles entendem rápido é que só podem contar com eles mesmos e sua produtividade. Diferente de um empregado assalariado, que sempre tem proteção, no caso de adoecer, por exemplo.
Também o profissional liberal tem uma entrada de dinheiro diferente da contabilizada por um assalariado. Ora, se já é um desafio gerir o orçamento doméstico sabendo quanto e quando receberá o salário, imagine manter a disciplina tendo de organizar não apenas as despesas, mas a receita.
Mais uma diferença: o profissional liberal tende a ser bem remunerado no final da carreira, recebendo muito mais do que o teto do INSS.
Outra diferença: os profissionais liberais ainda não entendem, até porque não cursam administração na faculdade, mas eles são, em si mesmos, verdadeiras empresas. E empresa requer planejamento. Especialmente, para saber de onde virá o dinheiro no futuro, na velhice, quando cair a produtividade ou quando não puder mais trabalhar.
Olha, se há alguém que precisa mesmo de previdência privada, esse alguém é o profissional liberal.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s